Make your own free website on Tripod.com

Executando o script

Para enviar o script so servidor a fim de que ele crie as tabelas, pode-se usar o mesmo shell usado para criar o banco de dados e o usuário, ou seja, o programa mysql. A diferença é que ao invés de digitar cada um dos comandos, será usado o recurso de redirecionamento de entrada do Linux para que o shell receba os comandos de um arquivo, no caso o script.

O primeiro passo para criar as tabelas no banco de dados então será abrir uma janela de terminal. Supondo que o nome do arquivo contendo os comandos SQL se chama kvendas.sql, deve-se chamar o programa mysql da forma mostrada na Figura 7.

$ mysql -u kvendas -p kvendas <kvendas.sql

Figura 7. Executando o script SQL

O comando mostrado diz ao shell do MySQL que será usado o usuário kvendas (-u kvendas), que ele precisa pedir a senha do usuário (-p), que ele deverá usar o banco de dados kvendas e que o conteúdo do arquivo kvendas.sql deve ser usado.

O programa então vai pedir a senha do usuário e depois vai executar todos os comandos contidos no arquivo kvendas.sql. Depois de executar os comandos, o programa vai finalizar e a partir desse momento as tabelas estarão criadas no banco de dados.

Para se certificar de que as tabelas realmente foram criadas, deve-se chamar o programa mysql novamente e digitar o comando para listar as tabelas do banco de dados como mostrado na Figura 8.

$ mysql -u kvendas -p kvendas
Enter password:
Reading table information for completion of table and column names
You can turn off this feature to get a quicker startup with -A

Welcome to the MySQL monitor.  Commands end with ; or \g.
Your MySQL connection id is 5 to server version: 3.23.58-log

Type 'help;' or '\h' for help. Type '\c' to clear the buffer.

mysql> SHOW TABLES;
+-------------------+
| Tables_in_kvendas |
+-------------------+
| CLIENTE           |
| FORMAPAGTO        |
| GRUPOPRODUTO      |
| ITEMVENDA         |
| PAGAMENTO         |
| PRODUTO           |
| REFERENCIA        |
| USUARIO           |
| VENDA             |
+-------------------+
9 rows in set (0.00 sec)

mysql>

Figura 8. Listando as tabelas do banco de dados

Assim o banco de dados está pronto para uso. Mais uma vez, é bom lembrar que é extremamente recomendáda a instalação do pacote MySQL-doc que contém a documentação do MySQL. O que foi mostrado neste apêndice sobre o MySQL é apenas o necessário para conseguir fazer o sistema desenvolvido neste trabalho trabalhar com dados do banco de dados. Num ambiente de produção serão necessárias informações extra acerca de segurança, bem como aprender mais sobre os comandos SQL suportados pelo MySQL e também aprender mais sobre a API C usada para implementar um sistema que acessa um servidor MySQL.